A hora do protagonismo feminino - HM em Revista
 em Colunistas, Pamella Almeida

Para falar sobre o ano de 2020, é preciso falar sobre transformação.

Na minha percepção, além dos grandes avanços da tecnologia e as oportunidades que o mercado digital apresenta, vejo muitas oportunidades para nós mulheres. Nunca se falou tanto sobre a força da mulher e a capacidade que temos no mundo dos negócios.

Em momentos de crises e incertezas, nós mulheres tendemos em aliar sensibilidade, intuição e cooperação com atitudes de determinação e iniciativa em momentos decisivos, habilidades essas que contribuem muito na gestão e administração dos negócios.

Porém mesmo diante dos altos investimentos de grandes instituições financeiras, educacionais, entre outras iniciativas que enxergam o nosso poder como empreendedora, muitas vezes nos questionamos sobre a hora certa para empreender.

Refletindo sobre isso e sabendo de toda sobrecarga que estamos vivendo com o acúmulo de tarefas diante do momento atual, separei alguns insights que despertaram na minha “hora certa” pois esse momento pode chegar diferente em cada uma de nós.

A hora certa talvez seja quando você não encontra propósito na atividade que você executa hoje ou quando não consegue enxergar valor na contribuição que você tem dedicado ao seu trabalho/negócio atual.

A hora certa é quando você almeja independência financeira e liberdade para a sua vida, podendo abdicar de algum final de semana e escolher trabalhar duro para conquistar uma meta, sabendo que aquele resultado depende somente de você ou da sua condução de sua equipe. Ou escolher os horários de trabalho e participar de momentos importantes para você e sua família.

A hora certa é quando em meio a tantos afazeres você decide dedicar um tempo para plantar a sementinha do seu sonho, o desejo de colocar algo novo em prática alinhado a todas as responsabilidades que possuímos; tirar do papel uma ideia é como o despertar para esse mundo do empreendedorismo.  A partir do momento que estamos dispostos a abdicar de um tempo (nem sempre) livre para se dedicar a algo novo, acredito que desenvolveremos habilidades importantes para quando o negócio decolar e porque a vida de empreendedora é um mix de realização com culpa, e você vai precisar se preparar para entender que não daremos conta de tudo da forma que gostaríamos.

 

A hora certa é quando você que dá conta de tanta coisa e colabora para construir os sonhos dos filhos, parceiros, amigas e pessoas queridas que te rodeiam, confia em si mesma e acredita que é merecedora do sucesso, e decide compartilhar tudo aquilo que pulsa mais forte no seu coração com o mundo.

 

Como dizem não existe receita para empreender e vai ser muito difícil na prática, a trajetória é longa e cheia de desafios, mas a liberdade de amar o que se faz é enorme na mesma proporção.

 

 

Mulher quando empreende muda a vida dos que rodeiam, nós que trazemos vida ao mundo, podemos transformar muitas vidas no mundo dos negócios

 

O empreendedorismo em alguns momentos é um ato solitário, porém transformador, quando a sua hora chegar, transforme-se!

E sempre que encontrar alguma mulher descansando ou pensando em desistir em algum dos degraus que você subiu, lembre-se do que te fez continuar e inspire ela com a sua história, colabore para que ela se veja como protagonista, porque todas nós somos.

Pamella Almeida

Colunista

Pamella Almeida

Apaixonada pelo que faz, possui mais de 10 anos no mercado de promoção de feiras comerciais no segmento da beleza.

Especialista em Marketing e Gestão Comercial, é uma das responsáveis pela idealização e lançamento da feira Beleza Pro Business em 2019.

Atualmente a empresária e presta consultoria para a indústria em suas áreas de especialização e prevê lançar uma nova startup até o início de 2021.

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar