Audiência não é sinal de Influência. - HM em Revista
 em Adelaide Paiva, Colunistas

Você sabe diferenciar essas duas métricas tão significativas no ambiente digital?

No sentido literal, audiência é a quantidade de pessoas que te seguem, que de alguma maneira chegaram até o seu perfil, se identificaram e permaneceram. Podem, ou não, interagir com você.

Influência vai além, não é uma métrica essencialmente quantitativa. É possível – e deve! –  ser mensurada, mas é uma análise viva, que deve ser acompanhada e precisa refletir alguns valores importantes na relação entre a marca e o influenciador que, quanto mais alinhados estiverem, melhores serão os resultados para ambos.

E aí, como marca, vale você entender a estratégia de influência da empresa e procurar fazer o mapeamento dos influenciadores cruzando as potências. A dica aqui é: para cada fase do funil de conversão, existem possibilidades de entregas diferentes e perfis variados podem ser considerados.

Para os influenciadores, uma coisa é fato: um bom conteúdo é a base de toda influência. Fazer conteúdo nunca será um trabalho em vão, muito pelo contrário, quanto mais você fizer, maior a oportunidade de estabelecer a conexão certa com a sua audiência e então gerar negócios à partir daí.

Adelaide Paiva

Colunista

Adelaide Paiva, Relações Públicas e Publicitária, apaixonada pelo universo da beleza e com 18 anos dedicados até aqui ao mercado profissional

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar