BELEZA SE APRENDE NA FACULDADE! - HM em Revista
 em Notícias

O equilíbrio entre saúde física e mental sempre foi um desafio difícil de alcançar. Mais ainda durante a maior crise sanitária de todos os tempos. Atualmente, estamos focados em não adoecer, porém preocupados em conseguir qualidade de vida. A harmonia entre saúde, bem-estar, associados à beleza, é uma das principais características do segmento de Estética e Cosmetologia. Esse mercado não para de crescer: o Brasil ocupa a terceira posição no ranking mundial de consumidores. Na América Latina ainda lideramos o segmento e os negócios se expandiram mais de 550% nos últimos cinco anos.

Foi pensando nisso tudo que a cientista Daniela Lopez fundou a primeira Faculdade de Estética e Cosmetologia da América Latina, que se localiza em Diadema, considerado o maior polo de cosméticos do País. A ESEC tem como missão qualificar seus alunos com foco na ciência e no estudo de casos, voltados ao segmento da beleza. Assim, os profissionais que se graduarem estarão aptos a atuar nos laboratórios, ambulatórios, hospitais, clínicas, escolas, além de outras universidades.

Daniela Lopez pensou em criar a Escola Superior em Estética e Cosmetologia porque também deseja mudar vidas. “Sinto que há no Brasil uma deficiência no ensino de qualidade com foco na ciência e no estudo de casos voltados para o segmento. Por isso, abri a faculdade com o objetivo principal de qualificar e transformar a carreira profissional dos esteticistas”, diz.

A duração é de 12 meses e a ESEC já está funcionando na forma de residência em intradermoterapia avançada. O aluno recebe toda a teoria por meio de EAD- ensino à distância. Depois vai até a faculdade para pôr tudo em prática. Depois, retorna à sua clínica e inicia o estudo dos casos propostos.
Para ingressar na Faculdade é necessário já ter o diploma ou uma declaração que comprove estar cursando uma graduação em estética e cosmetologia. A profissão é reconhecida em todo o território nacional e foi regulamentada pela Lei 13.643, sancionada em 3 de abril de 2018. Com isso, mudou-se o cenário da profissão no Brasil, uma vez que muitos profissionais atuavam na informalidade. A legislação exige o diploma de nível técnico e superior. Por isso, o curso de Estética e Cosmetologia é um passo importante para quem deseja seguir nesse mercado cada vez mais promissor.

Daniela Lopez assinala a importância do curso: ela acredita que aumentarão as áreas de abrangência no mercado de trabalho. “Os futuros profissionais atuarão também nos hospitais, cuidando de queimados, clínicas de cirurgia plástica na recuperação de tecidos, clínicas dermatológicas, spas, resorts. O leque aumenta em 130% de serviços em sua própria clínica e o faturamento pode aumentar quase 500% no seu estabelecimento, pois o aluno passa a conhecer toda a anatomia do sistema tegumentar de forma minuciosa”, finaliza.

 

Matéria de Caio Camargo

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar