BEAUTY BLACK FRIDAY? - HM em Revista
 em Notícias

Aos poucos, o mundo da beleza recomeça a apresentar números positivos. A recuperação esperada pelos empresários ainda está relativamente longe de ocorrer. Mas qualquer movimento rumo ao crescimento deve ser comemorado. A Coty divulgou resultados de seu primeiro trimestre fiscal, encerrado no dia 30 de setembro, que ficaram acima do esperado. O lucro da empresa avançou de 52,3 milhões de dólares, registrados no mesmo período fiscal do ano passado, para 200,6 milhões de dólares. Isso foi creditado ao recebimento de benefícios fiscais.

A administração da fabricante avalia que a recuperação das vendas no Brasil auxiliou o desempenho da companhia. Em comunicado, a Coty, dona de marcas como Monange e Risqué, afirmou: “O Brasil voltou a crescer”.

O momento pode ser ainda mais favorável se levarmos em consideração que se aproxima a Black Friday 2020. Apesar de ser uma tradição típica dos Estados Unidos, a data já se transformou em um dos principais eventos de compras ao redor do planeta. É o dia esperado por muitos para “colocar no carrinho” alguns itens da lista de desejos. E cada vez mais as pessoas têm se organizado para aproveitar essas promoções e descontos.

A Black Friday será realizada na sexta-feira, 27 de novembro, mas a preparação começa muito antes. Uma pesquisa realizada pelo Twitter aponta que os consumidores não estão deixando para a última hora. Comparado com os anos anteriores, houve uma queda de 24% em relação a quem deixava para pesquisar/comprar somente no dia do evento; 66% das pessoas afirmam que procuram lojas/produtos pensando na #BlackFriday com pelo menos uma semana de antecedência.

As marcas iniciaram os preparativos bem antes para conquistar e engajar o público. No ano passado, por exemplo, já era possível encontrar no Twitter, conversas sobre o assunto no mês de setembro: quase um milhão de Tweets foram publicados entre os dias 22 de setembro até 28 de novembro.

Em 2020, o Twitter tem registrado picos expressivos de conversas sobre o tema, com destaques para os dias 29 de setembro, 13 e 28 de outubro. Isso indica que os consumidores aumentaram de forma expressiva os comentários sobre a data. As pessoas vão até a plataforma para conversar sobre o que desejam comprar, ouvir opiniões, pesquisar melhores ofertas/dicas, comparar e compartilhar experiências.

A gerente da área de Pesquisa do Twitter Brasil, Camilla Guimarães, destaca: “os dados mostram que os consumidores que estão no Twitter têm bastante interesse e engajamento com quem está falando sobre a Black Friday e o serviço aparece como importante aliado na conquista da clientela; é possível estabelecer conexões legítimas entre pessoas, produtores de conteúdo e até marcas que saibam entrar na conversa, justamente pela plataforma contar com uma audiência disposta a conhecer coisas novas, com mentalidade aberta a descobrir e comentar sobre tendências e movimentos”.

Fontes: Valor Econômico e Assessoria Twitter Brasil

 

Matéria de Caio Camargo

Leia também:  Marketplace:  o futuro das vendas

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar